info.jpg

 

 

 

 

LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS 

 

Quer entender o que muda com a LGPD e como se adequar à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais?

 

Se você tem um negócio de qualquer porte que lida com informações do público, sejam elas específicas ou tão simples quanto apenas um nome, é muito importante estar por dentro. A partir de agosto de 2020, todas as empresas do Brasil precisarão estar em concordância com essas regras. Seja qual for o tamanho do investimento necessário, ele muito provavelmente valerá a pena, porque as multas para quem não se enquadrar na lei podem chegar a R$ 50 milhões. A ideia da LGPD é criar uma cultura de respeito à privacidade dos dados.

 

Afinal de contas, ninguém gosta de ter sua vida exposta a terceiros, especialmente quando esses terceiros são empresas ou serviços pelos quais não se tem interesse. Vamos então ver o que muda e como se adequar.

 

 

 

Sinta-se seguro, protegido e em conformidade com a LGPD.

 

A Info House ajuda sua empresa a entrar  em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), Cada empresa tem seus processos e é necessário um dignóstico detalhado e um longo caminho a ser percorrido para concluir a implementação da LGPD, não perca tempo, fale conosco.

LGPD2LOGO.PNG

 

O que a empresa deve fazer?

 

 

Due Diligence sobre dados pessoais

Identificação dos dados (pessoal, sensível, criança, público, anonimizado), departamentos, meios (físico ou digital), operadores internos e externos para mensuração de exposição da empresa à LGPD

 

 

Auditoria sobre o Tratamento

Aderência das 20 atividades de tratamento (art. 5º, X) de dados (coleta, controle, eliminação, etc.) aos princípios gerais previstos no Art. 6º da LGPD, mediante revisão e criação de documentos (contratos, termos, políticas) para uso interno e externo

 

 

Gestão do Consentimento e Anonimização

Controle do consentimento e anonimização para atender possível solicitação do titular e da futura agência

 

 

Gestão dos Pedidos do Titular

Criação de banco de dados para controle dos pedidos dos titulares dos dados (acesso, confirmação, anonimização, consentimento, portabilidade etc.)

 

 

Relatório de Impacto

Atendimento à ANPD e demais órgãos do Sistema Nacional de Proteção do Consumidor que poderá solicitar ao controlador relatório de impacto à proteção de dados pessoais

 

 

Segurança dos Dados

Adoção das medidas de segurança da informação aptas a proteger os dados pessoais de acessos não autorizados e de situações acidentais ou ilícitas

 

 

Governança do Tratamento

Criação de regras de boas práticas e de governança que estabeleçam procedimentos, normas de segurança, ações educativas e mitigação de riscos no tratamento de dados pessoais

 

 

Plano de Comunicação – Incidente de Segurança

Comunicação aos órgãos fiscalizatórios (ANPD, Procon, Senacon) e à imprensa sobre incidente de segurança que acarrete risco ou dano

 

 

Validação do término do tratamento

Adoção das providências necessárias à eliminação dos dados tratados e verificação de eventual conservação dos dados com a elaboração de documentos que evidenciem a eliminação

 

 

Certificação

Certificação por auditoria especializada das práticas relacionadas à LGPD

 

 

Data Protection Officer (Encarregado)

Identificação do encarregado (Pessoa Física ou Jurídica) e sua capacitação para exercer as atividades previstas na LGPD

 

 

Prevenção de Conflitos

Inclusão de uma cláusula compromissória de mediação vinculada à câmara privada online cadastrada no CNJ para mitigação do contencioso judicial

 

 
Os dados de sua empresa estão em conformidade e em seguraça ?